Vinhos verdes Quinta Carapeços exportados para o Brasil

Situada em Travanca, Amarante, a Quinta de Carapeços é um dos produtores que já há alguns anos exporta os seus vinhos verdes, principalmente de casta alvarinho que produz há 40 anos, para o mercado brasileiro.

A Quinta de Carapeços, que totaliza uma área de 20 hectares, iniciou a exportação de vinhos para o Brasil em 2016, tendo enviado desde então 75 mil garrafas de vinho para este mercado.

Com uma exportação anual de 15 mil garrafas, o responsável da Quinta de Carapeços, Miguel Pereira Abreu, esclarece, em entrevista à SIC, que a produção de vinhos não é exclusivamente a casta alvarinho, realçando que “continuamos a produzir as castas predominantes desta zona, nomeadamente a produção de vinhos tintos”.

Apesar da pandemia, este produtor continuou a exportar tendo, em janeiro deste ano, revela, enviado 7500 garrafas para o Brasil.

“Trabalhamos com pontos de venda com interesse, onde o produto é valorizado, onde o preço não é o fator decisivo, mas sim a qualidade. Mesmo com esta condicionante da Covid-19, conseguimos manter as vendas que tínhamos previsto para o mercado brasileiro, o que é muito satisfatório”, conclui Miguel Pereira Abreu em entrevista ao canal televisivo.

Para além dos vinhos verdes produzidos na Quinta de Carapeços, em Amarante, seguem também para o Brasil vinhos do Alentejo, do Dão, Douro e da região vitivinícola de Lisboa, explicou na mesma entrevista o presidente da Associação Empresarial de Portugal, Luís Miguel Ribeiro.

Estes contatos com o mercado internacional são possíveis através da Associação Empresarial de Portugal que, desde há cinco anos, promove encontros entre produtores portugueses e empresários brasileiros.


Partilhe com os seus seguidores

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on skype
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

PUB


 

Slider

Linha do Comércio

A Linha do Comércio tem como objetivo potenciar oportunidades de negócio, divulgar produtos e serviços das empresas locais.

Simultaneamente, esta plataforma pretende possibilitar o desenvolvimento de ações concertadas de promoção e dinamização de eventos.

Com esta presença virtual coletiva espera-se que haja um reforço da capacidade de cooperação entre os empresários locais. O Nome Linha é associado ao Comboio, meio de essencial importância para ligar gentes e terras.

É com este carácter agregador que pretendemos ligar o comércio e divulgá-lo daqui para o Mundo.

Loading...

Novidades

Áudios Recentes