Vinhos verdes Quinta Carapeços exportados para o Brasil

Situada em Travanca, Amarante, a Quinta de Carapeços é um dos produtores que já há alguns anos exporta os seus vinhos verdes, principalmente de casta alvarinho que produz há 40 anos, para o mercado brasileiro.

A Quinta de Carapeços, que totaliza uma área de 20 hectares, iniciou a exportação de vinhos para o Brasil em 2016, tendo enviado desde então 75 mil garrafas de vinho para este mercado.

Com uma exportação anual de 15 mil garrafas, o responsável da Quinta de Carapeços, Miguel Pereira Abreu, esclarece, em entrevista à SIC, que a produção de vinhos não é exclusivamente a casta alvarinho, realçando que “continuamos a produzir as castas predominantes desta zona, nomeadamente a produção de vinhos tintos”.

Apesar da pandemia, este produtor continuou a exportar tendo, em janeiro deste ano, revela, enviado 7500 garrafas para o Brasil.

“Trabalhamos com pontos de venda com interesse, onde o produto é valorizado, onde o preço não é o fator decisivo, mas sim a qualidade. Mesmo com esta condicionante da Covid-19, conseguimos manter as vendas que tínhamos previsto para o mercado brasileiro, o que é muito satisfatório”, conclui Miguel Pereira Abreu em entrevista ao canal televisivo.

Para além dos vinhos verdes produzidos na Quinta de Carapeços, em Amarante, seguem também para o Brasil vinhos do Alentejo, do Dão, Douro e da região vitivinícola de Lisboa, explicou na mesma entrevista o presidente da Associação Empresarial de Portugal, Luís Miguel Ribeiro.

Estes contatos com o mercado internacional são possíveis através da Associação Empresarial de Portugal que, desde há cinco anos, promove encontros entre produtores portugueses e empresários brasileiros.


Partilhe com os seus seguidores

 

PUB


 

Linha do Comércio

A Linha do Comércio tem como objetivo potenciar oportunidades de negócio, divulgar produtos e serviços das empresas locais.

Simultaneamente, esta plataforma pretende possibilitar o desenvolvimento de ações concertadas de promoção e dinamização de eventos.

Com esta presença virtual coletiva espera-se que haja um reforço da capacidade de cooperação entre os empresários locais. O Nome Linha é associado ao Comboio, meio de essencial importância para ligar gentes e terras.

É com este carácter agregador que pretendemos ligar o comércio e divulgá-lo daqui para o Mundo.

Loading...

Novidades

Áudios Recentes